sábado, 20 de julho de 2019

#Participação no 1º Workshop do Projeto MicroMundo@UPorto 2019

Os professores de Ciências Naturais, Maria Manuel Azevedo e Fernando Fonseca, estiveram presentes no 1º workshop do Projeto MicroMundo na Universidade do Porto (FFUP e FCNAUP)  que teve lugar no dia 19 de julho. 

Este workshop teve como objetivos apresentar os resultados do primeiro ano de implementação do projeto e alarga-lo a outras faculdadesm escolas e regiões de Portugal, passando estas a fazer parte da rede internacional MicroMundo/Tiny Earth. 

O Workshop MicroMundo@UPorto teve uma forte componente teórica e laboratorial, onde os docentes que pretendam implementar e fazer parte da rede MicroMundo@Portugal puderam aprender mais sobre as atividades a desenvolver. 


A partir do próximo ano letivo, o Agrupamento de Escolas D. Maria II passará a integrar esta rede. Mais uma excelente iniciativa e uma excelente oportunidade de novas aprendizagens para os nossos alunos.


sábado, 22 de junho de 2019

#Ciência Viva na Mostra Comunitária de Gavião

A Mostra Comunitária de Gavião é uma iniciativa promovida pelo Município de Famalicão em parceria com a Junta de Freguesia. Esta mostra tem como objetivo dar a conhecer o trabalho e a força das associações, instituições, artesãos e produtores locais. 

O Agrupamento de Escolas D. Maria II esteve presente neste certâme, mostrando o trabalho desenvolvido com os seus alunos no âmbito dos clubes e projetos. O Clube Ciência Viva apresentou algumas das suas atividades, posters e fotografias dos seus projetos e deu a provar o seu "Super-pão rico em oligoelementos". 



Este produto teve grande destaque na mostra, uma vez que valeu já um 1º prémio aos nossos jovens cientistas, que ferequentam o Clube Ciência Viva. 



quarta-feira, 12 de junho de 2019

#Ciência Viva no laboratório

No dia 11 de junho de 2019 os alunos do Clube Ciência Viva tiveram a oportunidade de visitar o Laboratório de Análises Químicas do Departamento de Química da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

Nesta visita tiveram contacto com modernas técnicas de análise instrumental, como é o caso da Espetrometria de Absroção de Chama. Esta técnica é a mais adequada para a análise de elementos metálicos, como é o caso dos oligoelementos que "suspeitamos" estarem presentes em maior concentração no nosso "Super-Pão". 


Os alunos, após terem esatabilizado a formulação do seu super-pão, pretendem agora determinar a real composição química do mesmo. Para tal, estabelecemos um protocolo com o Departamento de Química da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. 

Com o apoio do Professor João Rocha e da Doutora Mafalda Flores, os alunos puderam visitar os laboratórios e tomar contacto com todas as técnicas e procedimentos a adotar no processo de análise do "super-pão". 

Os alunos aprenderam sobre todos os procedimentos a adotar, desde a seleção de locais de amostragem representativos da mesma, cuidados na preparação da amostra, moagem, focos de contaminação, digestão da amostra, preparação das curvas de calibração, análise e tratamento de dados.

No próximo ano letivo desenvolveremos este projeto e daremos conta das novidades. 

segunda-feira, 10 de junho de 2019

#Biodiversidade dos Ecossistemas Ribeirinhos

No Dia Mundial do Ambiente, assinalado no dia 5 de junho, os alunos do Clube Ciência Viva e do Clube Eco-Escolas da Escola D. Maria II,participaram numa atividade de campo no rio Pelhe, que atravessa o Parque da Devesa, intitulada "Biodiversidade dos Ecossistemas Ribeirinhos". Esta desenvolveu-se em parceria com os Serviços Educativos do Parque da Devesa e com equipa do “Laboratório de Biologia Costeira” (LBC), do Centro de Biologia Molecular e Ambiental da Universidade do Minho. 



Foi eleito um troço do rio  na zona de rápidos e numa primeira fase listados os microhabitats. O repto de entrar na água, lançado pela equipa universitária, foi prontamente abraçado pelos alunos que, entusiasmados e bem equipados, lançaram mãos à obra e, em conjunto, recolheram uma variedade de macroinvertebrados, tais como Barqueiros d’água, Efémeras, Alfaiates, Peixes, Libelinhas, Tricópteros e muito mais. 
Os macroinvertebrados recolhidos foram caracterizados quanto ao achatamento do corpo, aspeto geral, existência ou ausência de brânquias, local de colheita (em cima do substrato, na areia  e entre a vegetação na superfície da água).  
Após a identificação e o registo dos macroinvertebrados recolhidos, os alunos avaliaram a qualidade da água utilizando o índice de Collins. No sentido de promover a biosustentabilidade todos os macroinvertebrados recolhidos foram devolvidos ao rio. 
Esta atividade ao ar livre potenciou os sentidos, a curiosidade e o espírito científico e ecologista de todos os alunos que nela puderam participar. 
Foi uma atividade muito apreciada pelos alunos, onde o entusiasmo foi uma constante ao longo desta manhã. Alguns alunos, após esta experiência, referiram que queriam ser biólogos, o que encoraja à realização de futuras actividade de campo.

quinta-feira, 6 de junho de 2019

#Atividades à 5ª no Clube

Para preparar o material para a exposição do Clube Ciência Viva na Mostra Comunitária de Gavião, os alunos produziram sabão artesanal. Como o processo envolve libertação de vapores, o laboratório transferiu-se para o pátio da nossa escola.

Este processo permite reciclar oléo de cozinha usado. Apesar de existem disponiveis na internet várias "receitas" para fabricar sabão com base nas reações de saponificação da gordura presente no oleo alimentar, importa ter em atenção que muitas delas usam demasiada "soda caústica" (Hidróxido de Sódio), o que acarreta alguns perígos. O hidróxido de sódio é uma base forte e se for usado em excesso, pode conferir ao sabão propriedades corrosivas. Os reagentes devem ser usados em quantidades equivalentes.

Nós usamos: 1 kg de óleo alimentar usado; 140 mililitros de água quente, 135 gramas de hidróxido de sódio (sóda caústica); alecrim e alfazema.


quinta-feira, 30 de maio de 2019

#SciComPT2019

Clube Ciência Viva do Agrupamento de Escolas D. Maria II este presente no #SciComPT2019 que decorreu nos dias 30 e 31 de maio na Universidade de Aveiro. 
O SciComPT2019, foi o 7º Congresso de Comunicação de Ciência da Rede de Comunicação de Ciência e Tecnologia de Portugal, no qual se discutiu o tema da inclusão na Comunicação de Ciência e o papel da Comunicação e do Jornalismo de Ciência na construção de uma sociedade mais inclusiva.

Foram apresentadas, pelas professoras dinamizadoras do Clube Ciência Viva, duas Comunicações em formato poster dando conta do trabalho desenvolvido. 

#Reutilização em ação

Uma das peças mais representativas do projeto Miúdos Eco-Solidários foi sujeita a restauro. Trata-se de um Galo de Barcelos feito com restos de tecidos.


Como sempre os nossos alunos têm sido incansáveis e não tarda estará de novo a "cantar" e a encantar!